Páginas

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Abraços

.
.

Abraço com um só braço
Quem abraça por ser formal.
O outro segura escudo
Maciço do melhor metal
Que é pra proteger-me as costas
De qualquer traição ou mal.

Abraço com os dois braços
Quem me abraça com o coração.
Jogo o escuto no chão, e no enlaço
Fico despido, fico frágil, fraco feliz,
E no cheio de afeto embaraço,
Faço do abraço uma paixão.

Abraço com pensamentos
Aqueles que afeiçoo de longe.
Há outros a quem não se abraça,
Nego mesmo pagando.

Afeto fabrico de graça,
Mas é caro e precioso
Pra ficar desperdiçando.


(Lalo Oliveira)


. .

12 comentários:

Gabriela. disse...

Ora, ora! Pois não me abrace pra vc ver só! rsrsrsrs
:P

Only feelings... disse...

Owwwn Baby! Um abraço não é suficiente pra mostrar o quanto te adoro!^^
=D
Você sabe.

Nina Ferreira disse...

Ah, é bom assim.
Pois quando dá é de verdade.

Beijão!

Homenzinho de Barba Mal feita disse...

Gostei da última estrfe. Outro dia eu em um blog, que falava da relação do abraço nos dias de hoje. É estranho que o abraço está cada vez mais raro, denunciano de certo modo o nosso egocêntrismo.

Thiago Damião disse...

Cara, legal o jogo das palavras na poesia, apesar de algumas vezes ficar óbvio, mas ficou bom =]

abraço

Junior Silva disse...

Belo texto.

Me fez lembrar das pessoas que não conseguem demonstrar afeto e têm extrema dificuldade em abraçar alguém, como se tivesse uma barreira inconsciente.

Abraços.

Abel disse...

"Eu sou homem". Bela afirmação, no sentido geral do contexto, claro.
Entendo bem o sentimento que sentes ...
São raros os poemas que transmitem a mim uma certa poesia, como os seus.
Te linkei no meu blog...

Vitor Augusto disse...

um poema bem escolhido, eu ja tinha lido

Lalo Oliveira disse...

?

Renilson disse...

Gostei do post.

Abraço é algo tão significativo,pode valer muitos sentimentos..^^

http://entreeuvoce.blogspot.com/
ESPERAMOS VOCE LÁ.

Leo Pinheiro disse...

Vou tentar ser pouco superficial...rs

Bem, entendi que o abraço pela metade, desconfiado e afins, não vale.

Seja por desconfiança, falha de caráter, medo, dor ou mesmo insegurança; muitas vezes vão haver senões e...

Acredite, até mesmo do lado de quem recebe! Um moderado abraço (rs) e passe no meu blog para me abraçar!

historiaspraboidormir disse...

pow... o Vitor jah leu?
kkkkkkk

mas o q o autor me diria de um abraço sem braços?