Páginas

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Até que a Morte nos Repare



Se nasce puro,
Se corrompe,
Se arrepende,
E se corrompe
Outras vezes.

Se arrepende muitas vezes
E se corrompe.

Assim somos na vida,
Carro que dá partida
E bate.

Erramos, falhamos
(pecamos?)
Na viagem
Muito e tanto.

Até que haja a batida
E a morte nos repare.

Porque quando se vai a vida ,
Todo mundo vira santo.


Lalo Oliveira.





8 comentários:

Tiago Enes disse...

Boa poesia hein!
Desculpa Lalo só agora pude reparar na beleza dos teus versos!
Bá cara a parte que mais gostei foi a do iníco "Se nasce puro,
Se corrompe" ..mas não tenho nenhuma crítica até porque não ninguém para te criticar é só elogio mesmo
Vlw Amigo!

Vírgula Antenada (Denise Machado)... disse...

Lindo, puro, na mosca!
Coisa mais boa de ler, mais minha, não sei explicar.

Feänor disse...

Mais um poema que reflete com maestria as vicissitudes de nossa raça...

Tão vergonhosamente verdadeiro... É justamente como nós somos.

Parece até que carecemos de memória, e que inconscientemente usamos isso como desculpa por nossos erros reiterados, já que não há fidelidade sem memória.

Gostei muito de suas letras... Parabés, mestre poeta!

Pétala Rubra disse...

Um dia faremos nossa batida final de fato... entretanto que consigamos nos divertir em muitas curvas e passeios nesse carro que se chama vida.

Acho que todo mundo tem esse quê de indignação pelo próprio ser humano, esses julgamentos e tais certezas. Mas é claro que nem todos nós sabemos dizê-los tão bem como vc em poesia rs.

Um ótimo fds!
Obs: já consertei o banner.

Beijos.

Arne Balbinotti disse...

Belo poema... e como somos falhos né...
Abraços.
PS.: Eu renasci:
http://diariopessoaldeumanjosemasas.blogspot.com/

R Lima disse...

Não há erros nas tentativas de acerto. Erra, de fato, quem não se apodera do dom mágico do aprendizado.

Viva a luta diária!!!

Abçs,



Texto de hoje: CéRebRo...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Feänor disse...

Tem 3 selos pra você no meu blog.

Se quiser incluí-los no seu rol, esteja à vontade!

Um grande abraço!

blog disse...

Gostei do texto, mas nem tanto quanto desse que vc apresenta na hora de receber comentários.

É o que diz Drummond:

Lutar com palavras
é a luta mais vã
entanto lutamos
mal rompe a manhã

É isso.
dignidade.